NOTÍCIAS

CASA ABERTA PARA VACINAÇÃO

Nos dias 10 e 12 de setembro vai estar disponível em regime de casa aberta a vacinação de pessoas que não estejam registadas no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e sem Número

Ler Mais »

Medalhas Olimpicas

A questão das medalhas Olímpicas e Nacionalidades dos atletas, vai ser sempre um assunto de muita discórdia. Portugal foi um dos países que durante vários

Ler Mais »

AMRT – Associação de Melhoramentos e Recreativo do Talude

QUEM SOMOS

Somos um grupo de moradores na sua maioria de origem Cabo-verdiana que construíram as suas casas na Estrada Militar localizado no Catujal, antiga Freguesia de Unhos, Concelho de Loures. Devido á falta de oferta de soluções habitacionais em valores acessíveis, aliando á experiencia de trabalho na construção civil os primeiros moradores deram início a construção da sua habitação 1978. Por curiosidade o primeiro morador chamava-se Manuel Monteiro e sua família numa casa pré-fabricada de madeira tipologia T0. Estes logo se deparam com as dificuldades de abastecimento de água principalmente devido á distância da rede. Também não existia energia elétrica nem comunicações por perto. As soluções de abastecimento de água eram através de camiões cisternas de bombeiros e privados, e a energia elétrica vinha através de extensões com medidas entre 300 a 500 metros. Por isso os moradores organizaram-se inicialmente através de uma comissão de moradores “informal” que encontrou uma primeira solução de abastecimento de água em 1985 através da instalação de uma primeira conduta para as casas existentes que á data eram cerca de 30. Mas entretanto o bairro estava em crescimento e essa situação deu origem a alguns conflitos que só poderiam ser resolvidos através de uma conduta que contempla-se todas as casas e de qualidade.
Por isso a 26 de Agosto de 1993, Rolando Borges, José Barros e Júlio Barros realizaram no antigo cartório de Moscavide a escritura de criação da AMRT – Associação de Melhoramentos e Recreativo do Talude com Sede no Bairro do Talude, Catujal. Em que a sua primeira tarefa foi a gestão e resolução das necessidades básicas do bairro, nomeadamente o abastecimento de água através de uma conduta nova e com capacidade para abastecer todo o bairro, energia elétrica, comunicações e por fim a pavimentação/alcatroamento da Estrada Militar.
Entre 1997-98 foi realizado um inquérito aos moradores/as do Talude para identificar as suas principais necessidades, contemplando dessa forma, as ações da AMRT em prol das mesmas, no qual reforçaram o vontade de manter atenção nas conquistas efetuadas, e adicionaram mais duas situações importantes que eram: A criação de um projeto de Creche com Berçário, Jardim de Infância e ATL; Passagem de autocarros da Rodoviária pelo Bairro (pelo menos nas horas de ponta). Todos os Objetivos propostos foram conseguidos á exceção do último.
Em 2014 tendo em conta o crescimento das ações, projetos, áreas de atuação e abrangência territorial da Associação deu-se a alteração do nome para:
AMRT – Associação para a Mudança e Representação Transcultural

FIQUE EM CASA