Vozes da Diáspora

Em 2005 recebemos convite da Fundação Infância Feliz de Cabo Verde para participar num concurso de canto, e desde então a AMRT – Associação para a Mudança e Representação Transcultural, entendeu que era uma área que também necessitava de ser trabalhada tendo em conta que poderia ser um caminho para muitos jovens. 

A cultura como parte integrante da sociedade, servindo como incubadora através da entrada e mobilização promoção de pessoas que gostam desta área de atividade. 

Resumindo, em cada localidade onde existem duas três ou mais pessoas que gostam de cantar, cria-se um grupo de trabalho para realizar um evento a medida do possivel onde estas pessoas convidam o publico em geral para assistir a um momento cultural preparado por eles preparado.

Pouco a pouco desenvolve-se a possibilidade do que pode vir a ser no futuro um projeto de vida, ou a base se futuros profissionais.

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Relacionadas

Notícias mais lidas

Vozes da Diáspora

Em 2005 recebemos convite da Fundação Infância Feliz de Cabo Verde para participar num concurso de canto, e desde então a AMRT – Associação para

Despertar Consciências

Este projeto pretende conforme o seu nome indica, trabalhar os temas mais diversos da sociedade de forma que leve os participantes a pensarem do seu